Total de visualizações de página

19 setembro 2011

Nuvens, pensamentos a caminho de casa

Acho que ja falei que preciso andar quatro quadras do ponto de ônibus para chegar até em casa.
As vezes o sol está muito forte.
As vezes meus pensamentos vão voando entre histórias, trechos, ou simples pensamentos do meu dia-a-dia.

Esse foi um deles:

E assim, sou como o céu, como uma pintura incerta que se modela num ciclo constante e interminável.
Sou como o texto literário e seus períodos, suas releituras.
Eu sou o rio transformado das águas inconstantes.
Eu sou terra fértil semeada.

Ainda sim...

E assim sou como a árvore fixa, como carvalho sólido de raízes profundas na terra.
Sou papel amassado sem uso, poesia rasgada e esquecida.
Eu sou rochedo imóvel.
Eu sou terra árida azeda.

E nesse paradoxo eu vou sendo o que sou… eu vou sendo o que digo.
Não muito mais do que sou.
Eu.

7 comentários:

  1. Aprecio muito suas palavras.
    São sempre tocantes como deve se ruma boa escrita.
    Parabéns viu... Vc é muito talentosa.
    Amei quando vc diz "Sou como o texto literário e seus períodos, suas releituras." e "como uma pintura incerta". Realmente lindas palavras.
    BJ!

    -Amigas Entre Livros-

    ResponderExcluir
  2. Muito bom Mari!!!!!!! Te faz bem essa pequena caminhada! kkkk SOU SUA FÃ! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oi, vim informar que tem selinho para você lá no blog,
    Beijooos,
    Anne KS (http://futrikomix.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  5. Oi Mary!
    Eu estou indo, levando a vida no eterno corre-corre...e3 tu?
    É verdade...FMA é um anime/mangá shonnen que dá grande e justo destaque ás personagens femininas...o maior exemplo disso acho que foi a General Armostrong..pela primeira vez vi num anime voltado para garotos onde uma mulher ocupa o posto da mais temida e poderosa força militar!
    bjs!!!

    http://www.empadinhafrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Mary!
    Adorei o texto e a foto, demais!

    Desculpa essa minha sumida por aqui viu :/

    Beijos, Kamila

    http://vicio-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. "eu vou sendo o que digo" e "lembranças que não lembram nada" é poético.

    ResponderExcluir